Descubra os melhores livros de finanças pessoais para aprender como transformar sua mentalidade sobre educação financeira e investimentos. 

Certamente você já ouviu a célebre frase “a leitura enriquece a alma“. E é seguindo esse pensamento que hoje vamos apresentar os melhores livros de finanças pessoais para quem deseja, além de enriquecer o espírito, sentir a diferença no bolso

Se você passou a se interessar por finanças recentemente, deve ter se deparado com uma série de informações e nomenclaturas das quais nunca havia ouvido falar, e precisa de uma mãozinha para entender melhor o tema.

Ou, quem sabe, você é até um veterano na área, teve a oportunidade de desenvolver uma grande educação financeira, mas está sempre em busca de novas informações e aprendizados.

Em ambos os casos, existem algumas obras que podem ajudar a entender mais sobre o assunto. A seguir, veja os quatro melhores livros de finanças pessoais que podem mudar positivamente a sua mentalidade em relação a dinheiro. Boa leitura! 

4 melhores livros de finanças pessoais para aumentar seu conhecimento sobre o tema

Se o conhecimento é a chave que abre portas, o conhecimento financeiro é o caminho para quem deseja prosperar — e os livros são um excelente atalho para isso. 

Nos últimos meses, o interesse por finanças e investimentos entre os brasileiros cresceu absurdamente, sobretudo devido aos impactos que a pandemia da Covid-19 causou. 

Segundo a pesquisa “O bolso do brasileiro”, realizada pelo Instituto Locomotiva e pela Xpeed, 63% dos brasileiros apontam ter apenas conhecimentos básicos sobre finanças,  41% passaram a pesquisar mais sobre o assunto após o início da pandemia e 90% chegou a conclusão de que, de fato, precisa ser preocupar mais com o cuidado com o dinheiro.

Em paralelo a esse cenário, vimos o aumento da procura por produtos de investimentos, conteúdos educativos, como podcasts e vídeos de finanças no Youtube, e por livros de finanças e investimentos. Para se ter uma ideia, em 2020, entre os 20 livros mais vendidos da Amazon, 5 abordam assuntos relacionados à educação financeira

Dessa forma, para incentivar você a aprender mais sobre a temática, hoje vamos apresentar os melhores livros de finanças pessoais que, em nossa opinião, são indispensáveis para quem deseja mudar a mentalidade no tratamento do dinheiro. Vamos lá!

1. O homem mais rico da Babilônia – George S. Clason 

Entre os melhores livros de finanças pessoais, esse é um dos mais conhecidos. Com mais de dois milhões de cópias vendidas em todo o mundo, George Clason apresenta os segredos do sucesso dos antigos babilônios, um dos povos mais ricos de seu tempo.

Na obra, Clason mostra algumas soluções pertinentes, e muito atuais, para se evitar a falta de dinheiro, conseguir criar uma reserva para o futuro, manter os compromissos financeiros em dia e controlar as finanças e gastos mesmo em períodos de maior prosperidade. 

Uma verdadeira chuva de informações úteis para aqueles que precisam de uma nova mentalidade em relação às finanças.

Leia também: Como fazer reserva de emergência: descubra quanto guardar e onde investir

2. Pai Rico, Pai Pobre – Robert Kiyosaki e Sharon Lechter

É impossível que seja escrita uma lista de melhores livros de finanças pessoais sem citar Pai Rico, Pai Pobre, o best-seller que mesmo após mais de vinte anos de seu lançamento, se mantém entre as obras sobre finanças mais vendidas no mundo.

Ao todo foram mais de 9 milhões de exemplares vendidos no Brasil, consagrando a obra como uma referência para quem busca por mais conhecimento e educação financeira. Em seu conteúdo, Kiyosaki demonstra como pessoas ricas ensinam seus filhos sobre dinheiro, sempre com a mentalidade de que a riqueza deve ser perpetuada

Em paralelo, o autor utiliza sua própria vida como exemplo de como pais pobres ensinam seus herdeiros sobre finanças. Filho de um funcionário público, Kiyosaki conta que seu pai nunca conseguiu atingir a independência financeira. 

Nessa obra, vemos como a educação financeira é indispensável, e deve ser apresentada às pessoas ainda durante a infância, para garantir um futuro mais confortável e próspero. 

3. Os Segredos da Mente Milionária – Harv T. Eker

Já imaginou se você pudesse ler a mente de pessoas afortunadas para entender o que pensam e como conseguiram se tornar ricas? Descobrir o que fizeram de diferente que as fizeram conquistar a tão sonhada independência financeira? 

Essa é a proposta de Os segredos das mentes milionárias, um dos melhores livros de finanças pessoais já publicados. 

Harv Eker, o autor da obra, é um milionário americano que apresenta em seu livro um pouco das sua trajetória, e mostra quais foram as escolhas mais relevantes que teve na vida, e que o ensinaram a lidar com o dinheiro.  

Além disso, o escritor mostra como a mudança de mentalidade o fez prosperar, e ensina aos leitores como substituir crenças limitantes por ideais positivas em relação às finanças pode levar aos seus objetivos financeiros. 

Leia também: Como atingir a independência financeira: 5 passos básicos e funcionais

4. O Jeito Warren Buffett de Investir – Robert G. Hagstrom

Warren Buffett é considerado um dos homens mais ricos do mundo, segundo a revista Forbes. Além disso, ele é conhecido como o investidor mais influente do mercado global. Assim, esse é, sem dúvidas, um dos melhores livros para quem deseja iniciar no mundo dos investimentos. 

Escrito por Robert Hagstrom, especialista em investimentos, a obra é um perfil detalhado de Buffett, que traz informações e análises profundas sobre os métodos utilizados pelo investidor, que o tornaram um dos homens mais respeitados no segmento. 

Para quem já investe ou para quem tem desejo de começar, esse é um dos livros mais indispensáveis para quem se interessa sobre o tema.

Gostou da nossa seleção? Então escolha a obra que mais lhe interessou e aproveite a leitura! 

E para conhecer mais sobre educação financeira, confira também: 

Author

Head of Digital Marketing & Content na MatchMoney e investidor em evolução.

Comentários