Procurando alternativas para proteger o seu investimento da inflação? Então entenda o que é o Tesouro IPCA e como ele pode ser a resposta para isso.

A inflação pode ser um grande pesadelo para os investimentos de longo prazo. Afinal, não adianta realizar aplicações por anos se, ao chegar a data de resgate, você perceber que o seu dinheiro perdeu poder de compra, certo? 

Para se blindar desse problema, uma alternativa interessante é o Tesouro IPCA, produto do Tesouro Direto que garante ao investidor um rendimento real que ultrapassa o índice de Preços ao Consumidor Amplo

Desse modo, se seu objetivo financeiro inclui aplicações de longo prazo, chegou a hora de conhecer um pouco mais sobre esse título. A seguir, veja o que é o Tesouro IPCA, suas vantagens e como sua rentabilidade é calculada. 

O que é o Tesouro IPCA e como funciona? 

O Tesouro IPCA é um dos títulos comercializados pelo Tesouro Direto, o programa digital de compra e venda de ativos do Tesouro Nacional. 

Certamente se você é um investidor ou está pensando em entrar no mercado, já ouviu falar na plataforma, uma das alternativas de investimento que mais têm chamado a atenção dos brasileiros.

Em março de 2021, por exemplo, a plataforma foi a escolha de 1,5 milhões de investidores para aplicar capital. Mas, você pode estar se perguntando, porque o programa é tão buscado?

Para começar, os títulos públicos são um dos investimentos de menor risco do mercado, pois são 100% garantidos pelo Tesouro Nacional. 

Além disso, a plataforma oferece três diferentes modalidades para investimentos, facilitando que o investidor pessoa física encontre aquele que mais se adeque a suas necessidades e perfil

E entre as opções, está o Tesouro IPCA, o título que paga ao investidor juros acrescidos da variação da inflação oficial do país naquele período, garantindo um rendimento real e a validade do dinheiro após o resgate. 

E como funciona o Tesouro IPCA?

Na prática, ao investir recursos na modalidade, o valor aplicado é indexado pelo IPCA, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, o índice que mede a inflação da economia brasileira. 

Isso significa que, ao manter qualquer valor investido no título, você se blinda da perda de dinheiro e da rentabilidade negativa, como aconteceu com muitos investidores em 2020, quando a Taxa Selic registrou a mínima histórica de 2% ao ano.

Para garantir o poder de compra do investidor, o Tesouro IPCA possui uma modalidade de remuneração híbrida, ou seja, uma parte do retorno em taxa prefixada (definida no momento da operação) + a rentabilidade indexada pelo IPCA, acima da inflação. 

Veja também: Aplicações financeiras com renda fixa: descubra as melhores alternativas para escolher

Quais os outros títulos do Tesouro Direto?

Além do Tesouro IPCA, o investidor que opta pelo Tesouro Direto pode realizar a compra de outros dois títulos, o Tesouro Prefixado e o Tesouro Selic. 

  • Tesouro Prefixado: taxa de juros definida no momento de compra do título, garantindo total previsibilidade de ganhos. 
  • Tesouro Selic: rentabilidade pós-fixada, alinhada à taxa Selic do período. 

Entre as opções, para investimentos de longo prazo, o Tesouro IPCA é o mais indicado. 

Cobranças de taxas do Tesouro IPCA 

Agora que você sabe o que é o Tesouro IPCA, antes de investir no título é fundamental ficar por dentro das taxas e custos associados a ele. Afinal, o que é cobrado para que o investimento aconteça?

IOF

Para aplicações que são resgatadas antes de 30 dias, o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) é cobrado. No entanto, como estamos falando em um investimento de longo prazo, dificilmente você precisará se preocupar com a taxa. 

Ainda assim, caso seja necessário retirar o dinheiro antes do período determinado, é possível solicitar o resgate antecipado. Quando isso acontece, o próprio governo realiza a compra do título e disponibiliza o valor em até um dia útil. 

Nesse caso, porém, não há garantia de recebimento dos rendimentos, pois o valor só é garantido na data de vencimento da aplicação. 

Desse modo, fica o alerta de sempre considerar o prazo de investimento ao comprar títulos do Tesouro IPCA.  

Imposto de Renda

Já o Imposto de Renda é uma cobrança que independentemente do prazo da aplicação, será cobrada e deve ser considerada. Para as aplicações do Tesouro IPCA, o tributo é aplicado segundo a tabela regressiva relacionada ao tempo de investimento:

PrazoTaxa
Até 180 dias22,5%
De 181 a 360 dias20%
de 361 a 720 dias17,5%
Acima de 720 dias15%

Taxa de custódia 

Por fim, há também a cobrança da taxa de custódia da B3. Em 2021, a taxa é de 0,25% ao ano sobre o valor total do investimento

Veja também: O que é portfólio de investimentos e dicas essenciais para montar a sua carteira

Como calcular a rentabilidade do Tesouro IPCA?

Como vimos ao falar sobre o que é Tesouro IPCA, a remuneração do título é calculada em duas partes: a taxa fixada, acordada no momento da aplicação, e a parte variável, que acompanha a variação do IPCA do período. 

Portanto, por mais que o título seja um produto de renda fixa, sua rentabilidade não é totalmente previsível, pois o valor acrescido da variação da inflação é desconhecido na compra do papel.  

Assim, ao investir seu dinheiro em um título do Tesouro IPCA, não é possível saber exatamente qual será o retorno na data de vencimento, mas o ponto positivo é que há a garantia de que seu dinheiro continuará valorizado , com uma rentabilidade real, e não haverá perda. 

Pronto para começar a aplicar em renda fixa? 

Agora que você sabe o que é o Tesouro IPCA e alguns outros títulos de renda fixa, chegou a hora de começar a dar os primeiros passos nos investimentos. 

Na MatchMoney você também pode aplicar em renda fixa com alta rentabilidade (retorno superior a 444% do CDI) e com garantia peer-to-peer lending para os seus investimentos. 

Quer saber mais? Então confira nosso conteúdo especial sobre p2p e entenda a modalidade oferecida com exclusividade para os clientes da MatchMoney. 

Aproveite e faça a simulação de um investimento em nossa plataforma sem compromisso. Clique aqui e preveja o retorno sobre suas aplicações de acordo com os aportes mensais.

Author

Head of Digital Marketing & Content na MatchMoney e investidor em evolução.

Comentários